• Raffaele Di Giuda Asselta

Nova York: 5 atrações com The Sightseeing Pass

Quem acompanha nosso blog, sabe bem que buscamos apresentar os hotspots sob o nosso olhar, e que achamos que devemos dividir com os leitores. Em tempos de câmbio alto, qualquer economia é fundamental e foi aí que surgiu o The Sightseeing Pass em nosso caminho, e ao conhecer um pouco mais sobre esse passe turístico vimos que a maioria das atrações de NY que queríamos visitar estavam na lista.

Ou seja, esse post é pra falar de cada atração que visitamos, mas também uma forma muito válida de economizar organizando o roteiro com antecedência. Nosso passe permitia a visita a cinco atrações, mas no site da empresa você pode comprar o passe com quantas atrações ou para quantos dias, com uso ilimitado, quiser. Vale lembrar que são mais de 90 atrações inclusas no passe.

Nossas escolhas:

Whitney Museum of American Art

O novo Whitney, como chamam, está localizado em Meatpacking District, em uma das pontas do High Line Park e em frente ao hotel The Standard (que já contamos aqui no blog). Seu prédio, maravilhoso, projetado pelo arquiteto Italiano Renzo Piano traz não só um espaço importante para a arte americana como vistas privilegiadas da cidade e do Rio Hudson, vizinho ao museu. Dedicado à arte  Norte Americana, o Museu Whitney  apresenta toda a gama de arte contemporânea e do século XX, com foco em obras de artistas vivos. O Whitney se dedica a colecionar, preservar, interpretar e exibir arte americana, e sua coleção é o principal recurso do Museu. São 8 andares com artistas como Alexander Calder, Charles Demuth, Hardold Edgarton, Hugo Gellert, Jasper Johns, Paul Cadmus, Roy Lichtenstein entre outros.


Valor avulso do ingresso adulto: U$ 25,00

Onde: 99 Gansevoort Street – Nova York

Quando: Dom a Qui das 10:30h às 18h (fecha terça) / Sex e Sab das 10:30h às 22h

MoMA PS1 + MoMA (Museum of Modern Art)

O MoMA PS1 é uma das maiores e mais antigas instituições de arte contemporânea sem fins lucrativos dos Estados Unidos. Um espaço de exposição em vez de uma instituição de coleções, o MoMA PS1 dedica sua energia e recursos à exibição da arte mais experimental do mundo. O MoMA PS1 foi fundado em 1971 por Alanna Heiss como o Instituto de Arte e Recursos Urbanos Inc., uma organização dedicada a organizar exposições em espaços subutilizados e abandonados em toda a cidade de Nova York. Em 1976, abriu a primeira grande exposição em sua localização permanente na cidade de Long Island, Queens. Em 2000, o P.S.1 Contemporary Art Center tornou-se afiliado ao Museu de Arte Moderna para ampliar o alcance de ambas as instituições e combinar a missão contemporânea do MoMA PS1 com a força do MoMA como um dos maiores museus colecionadores de arte moderna. Para quem visita a cidade no verão, vale verificar a progração do Warm Up, evento do museu nas tardes de sábado onde são apresentados diversos artistas da música eletrônica e passa a ser um dos principais eventos da cidade nessa época.


Valor avulso do ingresso adulto do MoMA: U$ 25,00 (e dá direito a entrada aos 2 museus contando apenas 1 atração do passe)

Onde: 22-25 Jackson Avenue, Long Island City

Quando: Qui a Seg das 12h às 18h (fecha terça e quarta) (MoMA PS1)

The MET Breuer

A arquitetura arrojada do edifício de referência de Marcel Breuer, na  esquina da Madison Avenue com a 75th Street, oferece um ambiente excelente para conhecer a arte dos séculos XX e XXI. Com uma abordagem global, The Met Breuer apresenta obras modernas e contemporâneas de artistas de todo o mundo. Os programas vão desde exposições e performances até comissões de artistas, residências e iniciativas educacionais. The Met Breuer é o braço mais novo dos 3 Mets aberto em 2016, sendo o principal The Metropolitan Museum aberto em 1870 e o The Met Cloister em 1938.


Valor avulso do ingresso adulto: U$ 25,00 (e dá direito a entrada aos 3 museus contando apenas 1 atração do passe)

Onde: 945 Madison Ave – Nova York

Quando: Ter a Qui das 10h às 17:30h, Sex e Sáb das 10h às 21h e Dom das 10h às 17h30 (fecha segunda)

Luna Park – Coney Island

Esse é um dos parques mais conhecidos de NY, inaugurado em 2010 no mesmo local onde existia o Astroland, parque que ali permaneceu por mais 40 anos. Um passeio para quem quer ver um lado bem diferente da cidade, Luna Park fica em Coney Island (Brooklyn) bem de frente para a praia. No verão nova iorquinos e turistas passeiam pelo boardwalk repleto de lanchonetes como a do famoso hot dog Nathan’s. É também um passeio especial para quem estiver viajando com crianças e querem dar uma pausa nos museus e compras que a cidade oferece.


Valor avulso do ingresso adulto: U$ 69,00 (*o sightseeing pass não dá direito aos brinquedos mais radicais)

Onde: 1000 Surf Avenue – Brooklyn

Quando: Pode variar de acordo com o dia e com a previsão. Verificar o calendário aqui.

The Top of the Rock

Essa, com certeza, é a atração mais “turistona” da nossa lista. Quem nunca ouviu falar do famoso Rockfeller Center, ou viu alguma foto linda de um amigo que visitou a cidade e subiu até a cobertura do prédio? São 70 andares (o elevador leva 43 segundos para subí-los) e uma das vistas mais impressionantes da cidade. Tem quem ainda prefira subir os mais de 100 andares do Empire State Building, mas nossa opinião é que lá de cima do Rockfeller o Empire State fica ainda mais bonito e de quebra, do outro lado tem a vista para o imenso Central Park. Vale subir de dia, na hora do pôr do sol ou até mesmo à noite e ver essa cidade de cima, não importa quantas vezes visitou NY ou o quão “cool” para isso você se considera.


Valor avulso do ingresso adulto: U$ 36,00 (tem acréscimo de U$ 5,00 para o horário do por do sol)

Onde: 30 Rockefeller Plaza – Nova York

Quando: Diariamente das 8h às 00h30 (último elevador às 23h55)

Sobre o The Sightseeing Pass:

Se somarmos todas as entradas que gastaríamos para visitar essas atrações que estavam em nosso roteiro, gastaríamos U$ 180,00 + taxas por adulto. O passe Flex para 5 atrações  (incluindo todas essas citadas acima em nosso post) custa U$ 135,00 , ou seja, uma economia de mais de U$ 45,00 (Aproximadamente R$ 190,00 hoje) por pessoa. Portanto nossa dica é, organizar com antecedência o roteiro dos lugares a serem visitados,  pois é possível sim economizar. E com o The Sightseeing Pass podemos visitar também os locais que nem sempre estão nas listas tradicionais.

Para adquirir o passe basta comprar no site clicando aqui ou verificando a disponibilidade com seu agente de viagens.

Para conhecer a lista das mais de 90 atrações e suas vantagens, é só clicar aqui.

 

Fotos: Raffaele Asselta e Raphael Dias

*Os valores dos ingressos mencionados, assim como do passe, foram verificados em Setembro de 2018.

*Esse post teve apoio da empresa The Sightseeing Pass e do turismo da cidade de NY ( https://www.nycgo.com/)


Captura de Tela 2020-12-10 às 11.20.07.
Captura de Tela 2020-12-10 às 11.20.15.

No dia-a-dia de todo viajante faz parte da experiência observar ao seu redor, seja na hora de tomar um café, ler um livro, apreciar uma arte, comprar um objeto ou mesmo deitar para dormir.

As cidades de todo o mundo escondem pequenas jóias que valem ser divididas, e quem sabe um dia conferir. O blog Diária nasceu da vontade de divulgar com curadoria esses lugares que além da qualidade em seus serviços, apresentam design diferenciado e inspirador.

  • Instagram
  • Preto Ícone Spotify
  • Facebook

blog diária