• Casa Diária

Nova York: The Standard

Quem esteve no High Line em NY deve ter percebido o enorme prédio de vidro. Quem assistiu ao filme Shame, o vídeo da Madonna para a música “Bitch I’m Madonna” ou lembra da briga da Solange Knowles e Jay-z no elevador, também pode reconhecer este hotel.

Conhecido por 100% dos Nova Iorquinos, o hotel The Standard High Line é um marco na cidade. Além de ficar sobre o parque construído em uma antiga linha ferroviária e que é orgulho para os locais, fica em um dos bairros mais descolados de NY, o Meatpacking District. Próximo a outros hotéis da mesma categoria, andando por ali encontram-se galerias de arte, mercados, grifes internacionais e muitos, mas muitos bares e restaurantes.

São 338 apartamentos modernos, decorados de forma bem clean, com janelões do chão ao teto e vista para o Rio Hudson e o High Line. Um perigo para aqueles mais tímidos ou desatentos. Não é muito difícil encontrar turistas e locais observando a movimentação dentro dos quartos “expostos”, ou até mesmo hóspedes se exibindo em seus quartos para quem quiser apreciar.


A recepção pequena, discreta, mas muito moderna te direciona para os outros ambientes do hotel. O Restaurante The Standard Grill, com cardápio excelente de cozinha americana é um dos mais concorridos da cidade (recomenda-se fazer reserva). Logo na entrada, ainda do lado de fora, fica o The Standard Plaza, ótimo para drinks, petiscos e refeições mais rápidas. Por ser aberto, no inverno é substituído por uma pista de patinação no gelo. Ainda no térreo o Biergarten leva para o jardim a essência alemã: cervejas e pratos característicos são concorridos nos dias de calor.


Com o acesso liberado pelo elevador (que tem um vídeo muito louco produzido por Marco Brambilla), na cobertura do hotel encontram-se outras jóias, como a famosa danceteria Le Bain, que abre seu espaço para o público ainda antes do por do sol, onde bons drinks são servidos e a vista fotografada. Assim que escurece seu público desce à pista de dança e se joga ao melhor estilo nova iorquino. Aqueles mais saidinhos ainda podem entrar (de roupas de banho ou íntimas) na Jacuzzi bem ao lado da pista de dança.

No mesmo andar, o The Top of The Standard recebe seus clientes para drinks e brunchs aos domingos, mas daí a coisa fica séria: dress code obrigatório – nada de bermudas, jeans ou tênis esportivos.


O blog Diária pôde se hospedar nesse hotel (atenção, esse não é um post patrocinado) e garante a diversão tanto como hóspedes ou visitantes. Para beber,  na Le Bain, peçam o Ginger Moon ou o Penny Drop no The Standard Grill.

Onde: 848 Washington Street, Nova iorque

Quando: Sempre * Verificar horários de bares e restaurantes

Nas redes:

  1. Website The Standard

  2. Página do Facebook

  3. Perfil no Instagram

Fotos: Raffaele Di Giuda Asselta e  Cortesia The Standard Hotels

Captura de Tela 2020-12-10 às 11.20.07.
Captura de Tela 2020-12-10 às 11.20.15.

No dia-a-dia de todo viajante faz parte da experiência observar ao seu redor, seja na hora de tomar um café, ler um livro, apreciar uma arte, comprar um objeto ou mesmo deitar para dormir.

As cidades de todo o mundo escondem pequenas jóias que valem ser divididas, e quem sabe um dia conferir. O blog Diária nasceu da vontade de divulgar com curadoria esses lugares que além da qualidade em seus serviços, apresentam design diferenciado e inspirador.

  • Instagram
  • Preto Ícone Spotify
  • Facebook

blog diária